Economia de energia

10
nov

Mais que dobre suas economias com a redução de pressão do Sistema de Ar Comprimido

Há uma regra usada frequentemente sobre a redução de pressão de descarga de compressor de ar, para cada 2 psi de redução, reduz-se 1 porcento na potência consumida do compressor de ar. Portanto, uma boa medida para se economizar energia é reduzir a pressão de descarga na rede de ar.

Mas há um efeito secundário, raramente discutido, na redução da pressão que pode aumentar a economia de energia. Devido à redução de pressão, os pontos de uso que não tenham reguladores de pressão irão consumir menos ar.  Vazamentos na rede irão consumir menos ar também. Quanto? Há uma redução, aproximada, de 1 porcento no consumo de ar para cada 1 psi de redução na pressão.

Por exemplo, um compressor de 100 cv com variador de frequência rodando 24 horas por dia, 365 dias por ano, a 110 psig consume cerca de 88 kW em plena carga. Reduzaindo a pressão de descarga em 10 psi reduziria o consumo de energia em cerca de 4,4 kW, o que resulta em uma economia de R$ 13.490,00 por ano, considerando-se uma tarifa média de R$ 0,35 por kWh. Fora essa economia, se os pontos de consumo na planta não possuem reguladores de pressão, a redução de pressão irá reduzir o consumo de ar comprimido em cerca de 9%. Sendo um compressor com variador de frequência, este equipamento irá trabalhar com uma rotação menor, consumindo aproxidamente 76 kW, o que resulta em uma economia adicional de 7,6 kW ou R$ 23.301,60 por ano. No total, a economia pode chegar até a R$ 36.791,60.

Mas ainda tem mais economia. Como o compressor de ar estará sujeito a uma carga menor, ele vai trabalhar com uma temperatura menor e, portanto, durar mais tempo. E o ar mais frio que produz irá beneficiar o seu secador de ar e fazê-lo funcionar melhor também! E você ainda ajuda o meio ambiente!. Todos os tipos de benefícios.

Quer saber mais sobre os benefícios de redução de pressão? Entre em contato conosco. Teremos o maior prazer em atendê-los.